Marknet Itens
Conheça as 06 principais métricas do e-mail marketing que devem ser acompanhadas

Saiba como acompanhar as principais métricas do e-mail marketing para melhorar os resultados das suas campanhas!

 

Uma boa campanha de e-mail marketing tem o poder de estreitar o relacionamento com o cliente por meio de conteúdo valioso. Com isso, a fidelização aumenta e, consequentemente, as vendas e a lucratividade da empresa.

Para chegar a este patamar, porém, é preciso de estratégias adequadas e de monitoramento. Afinal, analisar as interações dos clientes com os e-mails é determinante para otimizar as campanhas. E, assim, melhorar os resultados.

Mas quais as métricas do e-mail marketing que devem ser acompanhadas? Saiba a seguir!

 

  1. Crescimento vs. inativação da lista de e-mails

 

O crescimento da base de e-mails indica o sucesso da empresa em captar novos leads. No entanto, de nada adianta que o volume aumente se as pessoas não interagirem com as mensagens.

Por isso, é importante acompanhar também se os inscritos abrem ou clicam nas peças. Se o crescimento estiver desproporcional, é sinal de que há algo errado na estratégia e ela precisa ser revista.

 

  1. Taxa de abertura

 

A taxa de abertura revela a quantidade de pessoas que abriu o e-mail em relação ao tamanho total da base.

Apesar de ser importante, vale dizer que essa métrica sozinha não revela a eficácia da campanha. Afinal, a pessoa pode abrir a peça, mas não prestar atenção nela ou, então, não interagir.

Ainda assim, esse é um bom indicador para avaliar a efetividade dos assuntos dos e-mails marketing e também os dias e horários mais indicados para os disparos.

 

  1. Taxa de cliques (CTR)

 

O CTR é uma das métricas de e-mail marketing mais importantes. Afinal, ele revela quantas pessoas interagiram de fato com a mensagem e tomaram a ação desejada.

 

O Guia Prático do Email Marketing

 

Ela é calculada dividindo o total de cliques pelo total de e-mails enviados.

O CTR é excelente para avaliar testes A/B. Dessa forma, é possível identificar qual design, CTA e textos são mais efetivos na campanha.

 

  1. Taxa de conversão

 

Quando falamos de um e-commerce, a conversão é o objetivo final de uma campanha de e-mail marketing, certo? Portanto, essa métrica não poderia ficar de fora da lista.

A conversão representa a quantidade de pessoas que receberam o e-mail, abriram, clicaram e realizaram a ação desejada, seja ela comprar um produto ou se inscrever em uma landing page.

Para acompanha-la, é preciso usar outra ferramenta além da que fará os disparos dos e-mails. O Google Analytics, por exemplo, ajuda com essa análise.

Uma taxa de conversão baixa pode significar que a sua base não está qualificada ou que a abordagem não é coerente com o seu público.

 

  1. Taxa de descadastramento

 

Essa métrica do e-mail marketing revela a quantidade de pessoas que saiu da sua base. Ou seja, que não receberão mais nenhuma mensagem.

Uma boa dica aqui é disponibilizar um formulário de descadastramento para que as pessoas digam os motivos pelo quais desistiram. Assim, vocês podem corrigir os problemas e melhorar a estratégia.

 

  1. Taxa de compartilhamento

 

Por fim, a taxa de compartilhamento é uma métrica importante do e-mail marketing, mas que muitas empresas deixam de lado. Ela indica quantas pessoas compartilharam o conteúdo nas redes sociais ou encaminharam a amigos.

Uma boa taxa de compartilhamento indica que o conteúdo das campanhas é tão bom que as pessoas o repassam para frente.

Para otimizar ainda mais as suas campanhas de e-mail marketing e melhorar os resultados, confira também essas dicas:

Aprenda a segmentar o e-mail marketing do seu e-commerce, Os 08 piores erros para evitar numa campanha de e-mail marketing, E-mail marketing: entenda por que você deveria utilizá-lo em suas estratégias

 

Marketing Digital: O passo a passo completo para iniciantes

Tags: