Marknet Itens
Conheça os 8 maiores erros de quem vende em Marketplace

Conheça os 8 maiores erros de quem vende em Marketplace: Os Marketplaces são ótimos para potencializar as vendas e a visibilidade da sua loja e produtos. No entanto, é preciso tomar alguns cuidados para não perder tempo ou dinheiro com estas plataformas.

 

O Marketplace é uma plataforma de vendas pela internet mediada por um terceiro. Para quem trabalha com vendas online, esta é uma excelente opção para ganhar mais visibilidade aos produtos e, consequentemente, aumentar as vendas.

No entanto, há alguns erros de quem vende em Marketplace bastante comuns e que podem prejudicar o seu negócio. Quer saber quais são eles? Então, siga com a leitura deste artigo!

 

Os principais erros no Marketplace

  1. Não calcular corretamente os preços

O preço, especialmente em um Marketplace, é um dos principais fatores de compra. Portanto, encontrar o equilíbrio entre manter a sua margem de lucro e oferecer preços competitivos costuma ser um grande desafio.

Ainda assim, definir o preço corretamente é vital para manter a operação e lucrar com a ferramenta. Aqui, é importante pesquisar o preço praticado no mercado e contar com bons fornecedores.

Dessa forma, você consegue uma margem melhor, mas sem prejudicar o preço final que vai chegar no seu consumidor.

 

  1. Dar pouca atenção aos anúncios

Ao mesmo tempo em que a visibilidade é maior nos Marketplaces, também é a concorrência. Por isso, você precisa valorizar a sua loja e os seus produtos com anúncios bonitos, atrativos e que se comuniquem de maneira adequada com o público.

A dica aqui é deixar de lado anúncios “básicos” com o produto em um fundo branco. Valorize os seus diferenciais, ofereça as informações que o cliente precisa para tomar a decisão de compra e transmita uma imagem de empresa séria e segura.

 

  1. Considerar todos os Marketplaces como iguais

Apesar de estarem na mesma categoria, cada Marketplace tem a sua particularidade, regras e públicos. Conhecer muito bem onde você está vendendo faz toda a diferença para divulgar os produtos da maneira mais atrativa, definir os preços e as estratégias de forma geral.

 

manual de como ter um ecommerce b2b de sucessopsd

 

Por isso, antes de se aventurar em uma nova plataforma, dedique um tempo para entender como ela funciona e se ela faz sentido para o seu negócio. Assim, você evita custos e frustrações ao entrar em um novo Marketplace que não vai trazer nenhum resultado para você.

 

  1. Não prezar pela reputação da loja

Em um Marketplace, a reputação da sua loja é um dos ativos mais importantes que você pode ter. Por isso, preze por um atendimento de excelência e pela entrega ágil e de qualidade das compras de seus clientes.

Aqui, ainda é importante incentivar os clientes a deixarem avaliações. Com isso, você conquista uma imagem mais positiva e, consequentemente, transmite mais segurança a novos potenciais clientes.

 

  1. Esquecer de controlar o estoque

Vender a mais ou vender pouco são as piores coisas que podem acontecer para o seu estoque. Afinal, em ambos os casos você perde dinheiro e ainda frustra o seu cliente.

Controlar o seu estoque vai ajudá-lo a entender a demanda de cada Marketplace, bem como agilizar a entrega e identificar oportunidades de atuação.

Lembre-se de que não é só porque você está na internet que não deve estruturar um negócio profissional. Pelo contrário, o sucesso de vendas em Marketplace depende de uma estrutura séria, ágil e otimizada.

 

  1. Não atualizar os conhecimentos

Independentemente de quanto tempo você vende em Marketplaces, conhecimento é fundamental. Afinal, o mercado é muito dinâmico e o consumidor está mais informado e atento.

Isso significa que você precisa estudar o processo de vendas e as ferramentas para criar uma operação mais lucrativa e organizada. Assim, você evita desperdícios de recursos e ainda entrega um atendimento de maior qualidade aos clientes.

 

  1. Esquecer de escalar a operação

É comum que os vendedores online comecem fazendo de tudo um pouco, especialmente quando a atuação é em Marketplaces. O grande problema acontece quando você se apega a fazer as coisas e não prepara a empresa para o crescimento. Afinal, a ideia é evoluir e vender cada vez mais.

Você, enquanto empreendedor, precisa se preparar para as tarefas mais estratégicas e que permitam aumentar as vendas, e não às atividades operacionais. Por isso, faça um plano para, o quanto antes, se desligar de funções como embalar produtos e olhar mais para a sua marca e divulgação.

 

  1. Não planejar ou diversificar os produtos

Por fim, é importante tomar cuidado com a sazonalidade dos produtos que você vende em Marketplaces, especialmente se você está no mercado de nicho.

Buscar novidades e diversificar a oferta pode fazer toda a diferença para que as suas vendas não caiam em algumas épocas. 

 

Para quem deseja integrar a loja online aos Marketplaces, ainda é essencial contar com uma ferramenta que apresente uma visão integrada dos canais, como o Anymarket. Assim, é possível controlar melhor os estoques, oferecer um ótimo atendimento ao cliente e potencializar as vendas em todos os canais. 

Quer conhecer mais sobre a ferramenta? Então, veja os benefícios de usar o Anymarket para integrar sua loja com Marketplaces.

Tags: