Marknet Itens
Conheça os principais métodos de gestão de estoque

Saiba quais são os 5 principais métodos de gestão de estoque e avalie qual o mais adequado para o seu e-commerce!

Os benefícios da gestão de estoque são inúmeros para um e-commerce. Afinal, um controle adequado permite que a empresa atenda à demanda do mercado e, ao mesmo tempo, reduza as despesas decorrentes de itens parados.

O monitoramento de estoque pode ser realizado de acordo com alguns métodos. Sendo que a escolha do mais adequado vai depender do tipo do seu negócio e da estrutura disponível.

Veja, a seguir, alguns métodos de gestão de estoque para escolher o mais interessante para o seu e-commerce!

 

  1. PEPS

PEPS é a sigla para “primeiro que entra, primeiro que sai’. Essa metodologia de gestão de estoque, como o nome já sugere, parte do princípio de que as mercadorias mais antigas precisam ser vendidas primeiro.

Dessa forma, tudo o que está há mais tempo no estoque precisa ter a prioridade de venda, sendo que o monitoramento dos itens mais antigos costuma ser acompanhado pelos lotes.

O método PEPS de gestão do estoque tem sido um dos mais usados atualmente. Afinal, estamos lidando com um mercado em que há um aumento constante dos preços. Portanto, essa gestão ajuda a valorizar o estoque.

 

  1. UEPS

UEPS significa “último a entrar, primeiro a sair”, portanto, esse modelo é o oposto do anterior. 

Por priorizar a venda dos últimos itens que chegaram ao estoque, ele não é recomendado para empresas que trabalham com produtos perecíveis. Afinal, ele pode levar à perda de mercadorias.

Nessa estratégia ainda é importante ter muita atenção à rotatividade do estoque para que não haja desperdícios. 

Além disso, a prática é vedada pela Receita Federal para o cálculo do Imposto de Renda, uma vez que ela faz com que o lucro contábil do negócio seja menor.

 

  1. Custo médio ou média ponderada móvel

Nesse método de gestão de estoque, há uma renovação nos valores toda vez que um item novo entra. Sendo que os valores do estoque são calculados por meio de uma média ponderada.

A média é o resultado da soma dos itens antigos com os novos, dividida pela quantidade de mercadorias no estoque.

Esse é um controle para empresas que não possuem muita oscilação no estoque. No entanto, é preciso tomar cuidado para avaliar se o estoque não está com valores muito acima ou abaixo.

Ainda, apenas esse método e o PEPS são aceitos pela Receita Federal para o cálculo do Imposto de Renda. Os demais são apenas para controle administrativo.

 

  1. Just in time

Esse é um método de controle de estoque muito usado para gerar redução de custos. Nele, o estoque é sempre mantido no menor nível possível para atender às demandas dos clientes.

Como o estoque está sempre no limite, é fundamental que a empresa tenha agilidade e uma metodologia efetiva para o acompanhar. Caso contrário, ela pode perder vendas por mão ter produtos disponíveis e ainda prejudicar a sua imagem junto ao cliente.

Esse método ainda demanda uma parceria muito sólida com fornecedores para que as entregas sejam rigorosamente cumpridas no prazo.

 

  1. Curva ABC

A Curva ABC parte do princípio de que 80% do faturamento do negócio é decorrente de 20% dos produtos vendidos. Portanto, ela parte da identificação dos itens mais e menos importantes para a loja.

 

O que é curva ABC e qual a sua importância para a gestão de estoque

Como calcular a curva ABC

 

Sendo assim, o estoque é dividido em três grupos que vão orientar as prioridades. São eles:

  • Produtos A: principais itens, com alta lucratividade e giro razoável.
  • Produtos B: produtos com alto giro, mas com lucros que não alcançam os patamares do grupo A. É aqui que deve estar focada a maior parte do estoque da empresa
  • Produtos C: produtos com menor giro e menor lucratividade. Ou seja, aqueles que devem ter um baixo estoque.

A sua empresa já utiliza algum desses métodos de gestão de estoque? Como tem sido o acompanhamento? Conte para a gente nos comentários!

Tags:
Leia Mais
Newsletter
Informe seu e-mail e fique sempre por dentro das novidades da Marknet
Qual tipo de conteúdo deseja receber?