Marknet Itens
Qual a diferença entre métrica e KPI?

Entenda a diferença entre métrica e KPI e comece a mensurar os resultados do seu negócio de maneira mais eficaz!

 

Os conceitos de métrica e KPI são constantemente confundidos. Afinal, eles estão interligados e são fundamentais para que um negócio continue crescendo e atinja os seus objetivos.

Dessa forma, compreender a diferença entre métrica e KPI ajuda a usá-las da maneira correta. Assim, todas as decisões estratégicas são tomadas de forma a cumprir com as metas do negócio.

 

Conheça a importância do SEO no e-commerce

Quer entender melhor sobre o assunto? Não deixe de ler este artigo!

Diferença entre métrica e KPI

KPI é a sigla para Key Performance Indicator, que pode ser traduzido como “indicador chave de performance”.

Como o próprio nome já sugere, portanto, um KPI aponta um índice ou um dado que permite acompanhar como o está o andamento de determinada ação ou investimento adotado pelo negócio.

A métrica, por outro lado, compreende tudo aquilo que pode ser medido. Assim, elas permitem monitorar e gerir as estratégias de uma empresa, uma vez que apresentam informações que indicam o que deve seguir e o que deve ser deixado de lado.

Com isso, uma métrica pode se tornar um KPI justamente para que o acompanhamento de determinada ação se torne mais direcionado.

O que é métrica?

Para facilitar ainda mais a compreensão, vamos falar sobre cada um dos conceitos agora.

As métricas ajudam a analisar o comportamento dos clientes, do mercado ou de uma iniciativa em específico, como uma estratégia de marketing.

 

manual de como ter um ecommerce b2b de sucessopsd

 

Com isso, elas ajudam a analisar as possibilidades, além de fazer uma gestão mais eficaz das ações realizadas. Assim, é possível identificar quais melhorias podem ser feitas ou quais iniciativas devem ser pausadas.

As métricas, ao contrário das KPIs, são indicadores de desenvolvimento mais genéricos. Portanto, podem ser comparadas a uma forma mais “bruta” de indicador.

Como exemplo de métricas, podemos destacar a quantidade de aberturas de um e-mail marketing ou o número de visitas a um site.

O que é KPI?

O KPI deve ser criado a partir da métrica. Afinal, ele tem como objetivo indicar, de forma numérica ou percentual, se o resultado esperado está sendo cumprido.

Dessa forma, o KPI é mais específico que uma métrica e permite avaliar a performance do negócio e das atividades.

Além disso, os KPIs costumam ser eficientes para avaliar tendências de comportamento de clientes. Permitindo, assim, traçar objetivos com mais clareza.

Indicadores como o ROI e a taxa de conversão de vendas são exemplos de KPIs.

Exemplos práticos

Vamos agora a alguns exemplos práticos para que você use as métricas e KPIs de forma adequada.

A quantidade de leads qualificados captados em sua base é uma métrica. Sendo que o custo de aquisição por lead é um KPI que vai indicar se, de fato, esses potenciais clientes adquiridos são qualificados ou se as estratégias precisam ser revistas.

O número de vendas realizadas em um mês pelo e-commerce é uma métrica. O ROI (retorno sobre o investimento) de cada uma das campanhas ou do próprio e-commerce é um KPI. Assim, ele vai indicar se a verba investida no projeto gerou retorno ou prejuízo.

Vale dizer que as métricas e KPIs podem ser usadas para os investimentos da empresa ou para acompanhar a performance interna de pessoas e departamentos.

Com elas, é possível fazer um acompanhamento muito mais eficaz do negócio. E, assim, identificar oportunidades com agilidades e começar a realizar investimentos com alto potencial de retorno.

Quer mais dicas sobre como vender mais e melhorar a visibilidade do seu e-commerce? Então, leia também este artigo:

04 dicas para aumentar a conversão do seu e-commerce

 

Tags: